CASES

No ano de 2019 a Geossintec iniciou um trabalho de recuperação de uma Lagoa Anaeróbia utilizada para tratamento de efluente de um frigorífico de Aves. Ao longo dos anos essa Lagoa acumulou um volume considerável de lodo. Esse material, parte dele decantado e outra parte flotando prejudicava o tratamento do efluente. Além disso o revestimento com geomembrana sofreu danos e necessitava ser trocado para conter os vazamentos e preservar o solo e o lençol freático. Os diversos serviços que envolvem a recuperação de uma lagoa exigem especializações em cada área de atuação, assim como, conhecimento para coordenar os mesmos.
A Estação de Tratamento de Efluentes (ETE) contava com um sistema de 4 lagoas denominadas por: Lagoa 01, Lagoa 02, Lagoa 3 e Lagoa 4. A Lagoa 01 é a Lagoa Anaeróbia que passou pela reforma.

SERVIÇOS

Baypass – Para desativar a Lagoa 01 e iniciar a reforma, foi necessário desviar o fluxo do efluente para a Lagoa 02. Este processo denominamos Baypass. Construímos uma rede de 180 metros com tubulação PEAD Corrugado DN 400 mm KNTS. Aproveitamos para instalar uma Calha Parshal de 9” e um medidor ultrassônico para controlar o volume de entrada.

Esvaziamento – Após concluído o Baypass nosso cliente iniciou a secagem do efluente líquido armazenado na Lagoa 01.

Limpeza e Destinação: Iniciamos a retirada do lodo utilizando caminhões tanques (hidro vácuo) para o lodo menos denso e uma escavadeira hidráulica para carregamento do lodo em caminhões caçamba. Os caminhões transportaram o lodo até uma Central de Compostagem localizada 12 km onde o resíduo recebia sua destinação final. Para acesso dos caminhões no interior da lagoa foi construída uma rampa com argila que posteriormente foi usada para recompor os taludes e o fundo da lagoa após a raspagem.

Remoção da Geomembrana: A geomembrana antiga foi removida e carregada em caixas. A contratante era responsável por sua destinação final.

Raspagem: Realizamos a raspagem do solo que estava contaminado. Esse solo recebeu a mesma destinação final do lodo.

Alteamento: Como não havia caimento da Lagoa 01 para a Lagoa 02 foi necessário altear com argila o entorno da Lagoa. Essa Argila foi importada de uma jazida licenciada.

Drenagem de Líquido: Para detecção de eventuais vazamentos que poderão ocorrer durante a utilização da Lagoa, foi construído um sistema de drenagem de líquidos denominado espinho de peixe. Esse sistema conta com diversos drenos secundários que se conectam no dreno principal. Por sua vez o dreno principal é conectado ao tubo de inspeção que foi equipado com uma bomba submersa com controlador de nível. Em caso de vazamento a bomba é acionada e o operador da ETE tomará as devidas providencias.

Drenagem de gases: Mesmo removendo o solo contaminado, ainda assim se formam gases que são eliminados pelos drenos. Uma lagoa sem dreno de gás está sujeita ao rompimento da geomembrana.

Revestimento: Foi instalado um sistema de revestimento com geomembrana PEAD 2 mm. Antes da aplicação da geomembrana a superfície estava regularizada, isenta de pedras e raízes e toda instalação seguiu as orientações da NBR 16.199. Foram realizados todos os testes para verificar a qualidade da instalação.

Caixas de entrada e saída: Foram construídas novas caixas de concreto armado para receber e encaminhar o efluente.

Entorno: Foi instalado uma camada de brita no entorno da lagoa.

Comissionamento: Ao final de todos os serviços foi dado início a operação da lagoa interrompendo o Baypass e liberando o fluxo para as caixas de entrada. Reunimos a documentação em um Databook onde consta: Relatório de instalação, Manual de Operação, AS BUILT, Certificados de Qualidade e Termo de Entrega da obra.

QUANTITATIVOS

  • – Dimensão da Lagoa: 100m x 56m x 5,50 m (compr. x larg. x prof.)
  • – 4500 m³ Carregamento e transporte de lodo
  • – 2.500,00 m³ Raspagem, carregamento e transporte de solo contaminado
  • – 5.550 m³ Fornecimento, espalhamento e compactação de argila
  • – 180 m Tubulação Baypass
  • – 15 peças Caixas de concreto armado
  • – 1 peça Tubo de inspeção
  • – 250 m Dreno de líquidos
  • – 1850 m Dreno de gases
  • – 5.900 m² Geomembrana PEAD 2 mm

APLICAÇÕES

  • Condutas de abastecimento de água potável
  • Ramais domiciliares
  • Condutas de abastecimento de gás e biogás
  • Emissário interceptores de águas residuais
  • Emissários submarinos
  • Transporte de fluidos industriais agressivos
  • Transporte de sólidos em suspensão líquida
  • Transporte de petróleo e seus derivados

FOTOS

Equipes capacitadas e experientes

Atendimento as normas vigentes

Acompanhamento técnico de Engenheiro Civil habilitado no CREA

Gostou desta solução?
Faça um orçamento aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *